4 formas simples de aumentar a receita do seu consultório

Publicado por Felipe Affonso em

Abrir um consultório é um momento muito importante na vida de um profissional da saúde. Você estudou ao longo de anos, fez estágios, talvez até mesmo uma residência, e agora chegou a hora de ter o seu próprio negócio, ser o seu próprio chefe. Porém, nem tudo é um mar de rosas. Diversos problemas podem acontecer, e isso é super comum. Por isso, no artigo de hoje, vou te falar 4 formas simples de aumentar a receita do seu consultório.


1 – Conheça a sua empresa

Você deve entender sobre toda a parte financeira do negócio. De acordo com o blog HealthCare Finance, é importante encontrar as categorias financeiras que causam as maiores despesas e analisa-las com cuidado.

2 – Analise as “raízes” dos problemas

Também é importante revisar as tarefas diárias do consultório. Entender em quais etapas um tempo maior é consumido, e analisar se existe algum desperdício de tempo, pessoas ou dinheiro. Nesse momento é importante entender a raiz dos problemas e reduzir, ou até mesmo eliminar, as tarefas que estão causando maiores danos a saúde financeira da sua empresa. Não se esqueça de medir a satisfação dos pacientes após as mudanças. Afinal, você não quer perder suas fontes de renda.

3 – Foque na experiência seu paciente

Falando em pacientes, outro fator chave é o atendimento. Quanto tempo demora para um paciente marcar uma consulta? Ele tem que ligar e ficar aguardando a secretária? Quando ele vai ao consultório, ele se sente confortável? A fila de espera leva horas e horas? Possuímos um artigo com 5 dicas para aumentar a qualidade dos atendimentos, vale a pena ler.

4 – Mensure tudo

Você não pode melhorar o que você não mede. Ao realizar todas essas mudanças, implementar as dicas, é importante que você veja os números. O seu lucro foi maior? Você conseguiu diminuir as despesas? Analise as categorias financeiras, veja quantos clientes foram atendidos ao longo do mês, verifique se o tempo de espera foi reduzido. Com isso, você vai saber exatamente quais pontos foram resolvidos, e onde ainda é necessário ter atenção.


Chamamos essa abordagem de “voltar ao básico”. Muitas vezes nos esquecemos das coisas mais básicas. Nos preocupamos em pagar o salário dos funcionários, realizar um bom atendimento aos pacientes, focamos no procedimento a ser realizado, porém, não damos tanta atenção aos pequenos detalhes. E no final, eles são os responsáveis pelo sucesso ou fracasso do nosso negócio.