Ausência de pacientes — Porque acontece e como diminuir

Publicado por Felipe Affonso em


No Brasil as cidades já registraram até 40% de ‘não comparecimento’.

Sabemos que o não comparecimento do paciente à um agendamento pode interferir em todo um dia de trabalho além de provocar o desperdício de recursos humanos em áreas de extrema importância. Isso leva a diversos problemas: como a falta de controle sobre algumas doenças transmissíveis, atraso no tratamento de pacientes, desperdício de dinheiro (público e privado), entre outros. O número de pacientes que não comparecem à consulta está aumentando significativamente. Nos estados unidos, por exemplo, um estudo de 2016 mostrou que 20% dos pacientes faltaram às consultas agendadas.

Não comparecimento ao redor do mundo

No Brasil, Poços de caldas — MG registrou que quase 23% dos pacientes não comparecem às consultas médicas de acordo com a Secretaria de Saúde da cidade, as faltas afetam outras pessoas que estão aguardando para serem atendidos. Dentre 22.220 agendamentos, 4.990 pacientes não compareceram. Já na cidade de Curitiba — PR, o número de não comparecimentos chega a quase 40%. Grande parte dos pacientes “esquece” a consulta, afirma a Secretaria Municipal de Curitiba.

Dois pesquisadores do Chelsea HealthCare Center, em Massachusetts, conduziram um estudo com objetivo de determinar quem são os pacientes que não comparecem às consultas relacionadas aos cuidados básicos e as razões para o não comparecimento. Das 7508 consultas agendadas, em 927 casos o paciente não se apresentou para atendimento. Foram realizadas ligações para 735 desses casos, e apenas 273 pacientes atenderam as chamadas. As duas razões mais comuns para perder a consulta foram esquecimento (35,5%) e falta de comunicação (31,5%). Você pode consultar o estudo clicando aqui.

Uma outra pesquisa, realizada pelo Hospital da Universidade de Geneva, na Suíça, com o objetivo de testar a efetividade de intervenções para lembrar o paciente das suas consultas. Nesse caso, todos os pacientes do atendimento básico ou da clica de HIV no hospital citado acima foram lembrados das suas consultas com 48 horas de antecedência. Primeiramente foi realizada uma tentativa de ligação, caso o paciente não atendesse o telefone um SMS era enviado. Como resultado, o hospital teve uma redução de 11,4% no número de não comparecimentos e foi possível realocar 28% dos agendamentos cancelados. Também foi analisado a reação dos pacientes aos lembretes, 93% deles não se sentiram incomodados pelos lembretes, e, 78% consideraram as ligações úteis.


Como solucionar o problema

Como os resultados dos estudos comprovaram, grande parte dos não comparecimentos acontece por falta de comunicação.

Os pacientes muitas vezes esquecem das consultas ou acabam marcando outro compromisso na mesma data, isso é normal. É importante que você, profissional da saúde, tente sempre confirmar os agendamentos com o paciente, seja por telefone, e-mail, SMS ou até mesmo por aplicativos de mensagens instantâneas. Também é importante que você utilize sempre as tecnologias mais avançadas para entrar em contato com o seu paciente. É melhor investir um pouco mais confirmando e lembrando o paciente do seu agendamento do que ir ao consultório e desperdiçar o seu tempo.

Existem diversos softwares que enviam SMS ou e-mail para confirmar os agendamentos. Nós, do DoutorAPP, preferimos utilizar o aplicativo mais utilizado atualmente, o WhatsApp. As confirmações são enviadas via WhatsApp e o paciente pode confirmar ou cancelar o agendamento com apenas um click, e você nem precisa aguardar a resposta pois sua agenda será atualizada automaticamente. Para saber mais sobre essa ferramenta acesse https://doutorapp.online


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *