fbpx

Presença digital para Médicos: Conteúdo

Publicado por Edimar Salomé em

Veja dicas de como se inspirar e gerar bons conteúdos para seus pacientes.

Conteúdo é o segundo pilar da presença digital e é ele quem conecta você, o que você faz e seus pacientes. Você talvez já tenha visto isso em algum lugar: “conteúdo é o que vai mostrar para o seu público quem é você, qual é a sua especialidade e quais os resultados que você alcança”.

No artigo anterior, nós fizemos uma analogia para falarmos sobre qual o papel de cada ferramenta no seu posicionamento do mundo digital. Continuando a analogia da Cidade Digital do artigo anterior, o conteúdo é o que vai conduzir as pessoas para o seu consultório, então podemos considerar como sendo as placas de sinalização e direcionamento da nossa cidade digital. É importante observar qual o formato do conteúdo de acordo com o local onde ele será publicado. Através de um conteúdo de qualidade a confiança do seu público será conquistada, e você se tornará relevante e consequentemente mais procurado na internet.

Em relação a conteúdo o importante é começar! No início não importa quantos seguidores você tem ou quantas curtidas você recebe, essas métricas não indicam a qualidade do seu conteúdo. O que vai indicar se você está no caminho certo é a quantidade de comentários e compartilhamentos. Se você estiver começando agora, capriche no conteúdo e compartilhe convide as pessoas para que leiam o que você compartilhou. Lembrando que uma boa imagem ajuda, mas não necessariamente precisa ser algo super profissional, as pessoas vão reconhecer sua autenticidade seja em um vídeo super produzido ou gravado do seu smartphone.

Neste artigo trouxemos para você algumas idéias de fontes de conteúdo para que você se inspire, mas antes de criar conteúdo o primeiro passo é:

Definir um público-alvo

No caso de profissionais da saúde, qualquer pessoa é um paciente em potencial, porém em muitos casos as pessoas se tornam pacientes quando precisam dos serviços. Você pode definir o seu público-alvo como “Pessoas que precisam do serviço X” e assim fazer publicações voltadas para este público, isso te dará um ‘norte’, pois é mais fácil gerar conteúdo para um pequeno grupo específico e não te impedirá de revisar seu público futuramente.

Definido o público alvo o próximo passo é começar a escrever, mas sobre o que? Veja as 4 dicas abaixo:

Fale sobre o que o seu público busca

O tempo todo as pessoas estão buscando informações de saúde na internet, sabemos que nem todas as fontes das informações são confiáveis então porque não fazer você mesmo? Seja a fonte de informações que os pacientes buscam. Você pode escrever sobre doenças e sintomas sazonais, erros comuns, mitos e verdades. Assim quando as pessoas procurarem sobre esses assuntos encontrarão você e a sua imagem vai sendo construída com base na confiança das pessoas nas informações que você passa.

Fale sobre o consultório

Mostre como está seu consultório, quais aparelhos você utiliza, como eles funcionam e quais os resultados que eles promovem, quem são suas assistentes e quais os canais de atendimento online. Isso criará familiaridade com o local para os pacientes. Imagine como uma compra por exemplo, quando você já conhece todos os detalhes do produto você passa na loja apenas para ‘buscá-lo’, assim quando seu paciente vier do mundo digital ele saberá exatamente com quem falar e como agir.

Problemas e como evitá-los

Quais são os motivos pelos quais os pacientes te procuram? Esse podem gerar excelentes conteúdos e tem um grande potencial de atrair ainda mais pessoas para seu consultório. Fale também sobre como evitar esses problemas, isso vai gerar um sentimento de gratidão e fará com que as pessoas tenham mais atenção ao seus conteúdos. Você pode também escrever sobre os CID10 mais comuns da sua especialidade, curiosidade, riscos e prevenções. Se você precisar consultar a lista de CID você pode utilizar o Busca CID10 da DoutorApp. É importante se lembrar que as pessoas em geral não conhecem termos técnicos, portanto procure falar os termos comuns ou seja ‘traduzir’ da linguagem médica para uma linguagem mais comum.

Fale sobre você

Fale sobre você, onde você estudou, quando se formou. Fale também sobre seus colegas de profissão e amigos de turma. As pessoas gostam de saber como tudo começou e mostrar a sua trajetória fará com que as pessoas tenham confiança no seu trabalho e no seu conhecimento.

Tenha sempre em mente o seu público (com quem você quer falar) e também os locais onde os textos serão publicados. Cada local da nossa cidade digital  possui uma linguagem, um contexto e um perfil de comunicação diferente, então é importante levar isso em consideração.

Gostou deste artigo? Compartilhe com os colegas que precisam dessas dicas, no próximo vamos falar sobre o outro pilar da presença digital para médicos, o RELACIONAMENTO, até lá.

.

Site Doutorapp

.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *