fbpx

Presença Digital para Médicos: Posicionamento

Publicado por Edimar Salomé em

O primeiro e mais importante pilar da Presença digital, o posicionamento se refere aos locais onde você se coloca na internet.

Imagine a internet como sendo uma cidade, onde há diferentes tipos de construções algumas públicas e outras particulares, que podem ser comparados com construções do mundo real. A diferença é que, diferentemente do mundo físico, na internet todos podem estar em mais de um lugar ao mesmo tempo. 

Continuando nossa analogia, vamos considerar cada aplicativo como sendo uma construção onde o tipo varia de acordo com a finalidade dos aplicativos. Qual seria a utilidade de cada ferramenta?

Site, Agenda online e Apps de comunicação (Ligação, Email, WhatsApp e Telegram)

Esses aplicativos podem ser considerados como locais particulares (como nossa casa ou o consultório). São particulares porque para que alguém te encontre neles é preciso saber o endereço exato. Geralmente é aqui onde você precisa que seu paciente chegue, mas para conseguir chegar ele precisará saber como te encontrar. Quando você disponibiliza o seu Whatsapp particular para seu paciente ele está literalmente “entrando na sua casa”, por isso é importante que você tenha um número que represente o seu consultório no mundo digital.

Um outro aplicativo que pode representar o seu consultório é uma agenda online específica para você, onde o seu paciente conseguirá agendar um horário. Não confunda uma agenda online específica sua, com aplicativos como Doctoralia, mais adiante veremos a diferença.

Redes Sociais (Instagram, Facebook, Linkedin)

Na nossa cidade digital, as redes sociais são como os edifícios comerciais e a sua página é como uma sala nesse edifício, são locais públicos com grande movimentação de pessoas, porém as pessoas somente irão te visitar se elas souberem como te encontrar. Isso acontece porque os mecanismos de buscas destas ferramentas é um mais limitado, por exemplo quando alguém digitar psicólogo em Belo Horizonte, os resultados não vão mostrar exatamente o esperado e sim aqueles que de alguma forma conseguiram se vincular a esta busca. Seria como por exemplo, perguntar ao porteiro do prédio, qual é o andar do psicólogo do Dr. Fulano.

Buscadores (Google, Bing, Yahoo)

Imagine que alguém irá organizar uma feira, o organizador chega até você e oferece um stand gratuito, por essa feira passarão milhões de pessoas por dia, bom isso é exatamente como os buscadores funcionam. Na nossa cidade digital eles seriam como feiras onde as pessoas circulam e encontram os stands de acordo com suas necessidades, é muito importante que você se posicione nesses locais pois eles vão conduzir as pessoas à sua sala (redes sociais) ou até mesmo ao seu consultório (site, agenda online e apps de comunicação).

Marketplace médico

Esses são aplicativos como Doctoralia, que oferecem o agendamento online, porém eles colocam vários médicos em um mesmo local. Na nossa cidade digital podemos considerá-los como supermercados. É um local onde as pessoas escolherão você em uma ‘prateleira’ de concorrentes e quando você divulga a agenda do aplicativo, na verdade você está indicando para seu paciente o supermercado e não o seu consultório. 

Agora que você entendeu o papel de cada ferramenta, você deve estabelecer o seu posicionamento de forma a marcar sua presença em cada um deles e direcionar o fluxo corretamente do seu ‘consultório digital’ para o seu consultório físico, criando uma jornada do paciente comum entre todas as plataformas. Nos próximos artigos vamos falar sobre os outros pilares da presença digital (Conteúdo, Relacionamento e Jornada) e no fim vamos disponibilizar um guia para você colocar em prática todos os conceitar e concretizar seu consultório na internet.

Gostou deste artigo? Compartilhe.

Baner DOUTORAPP


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *